Projeto Hora da Leitura

Turma 2206, concentrada num conto de Anton Tchecov
Turma 2206, num momento de leitura

Projeto Hora de Leitura desenvolvido na escola, visa estimular a leitura no período de cada turno letivo.   Em intervalos na semana, uma hora aula é destinada exclusivamente a uma “parada para leitura”.  Há dificuldades. Infelizmente, a leitura parece uma atividade dolorosa aos jovens. A persitência faz surgir resultados.   Aos poucos pode-se ir corrigindo o percurso e oferecendo nestes intervalos leituras factíveis com o tempo disponível.    Porém, é de se observar que hoje mais alunos circulam ou tem entre os cadernos e os livros didáticos outros leituras e livros, talvez já reflexo do projeto.   Pequeno passo. Persistir pode-se conseguir mais adeptos desses exercicios literários.   A quem não tem o hábito e até oferece resistência como o exercício da leitura causasse dor, sofrimento, a alternativa é oferecer opções de textos literários que caibam no tempo de uma hora-aula e nele se completem.  Algo como contos e crônicas para os não iniciados. 

Por um lado e por outro, vale persistir da iniciativa e, talvez, criar outros estímulos para que o ato da leitura dentro do ambiente das salas de aula e da escola tem seu espaços de tempo em paradas de “degustação literária”.
Anúncios

3 Respostas para “Projeto Hora da Leitura

  1. Marisa Fernanda Cabral

    Fiquei muito contente com a divulgação do Projeto de Leitura realizado na escola. Ele estava meio que adormecido até o último dia 04 de setembro e acredito que se todos (professores, alunos, funcionários, equipe diretiva) pegarmos juntos, orientando os alunos diante de suas leituras, o sofrimento não será tão grande assim.
    Quanto à oferta de textos compatíveis ao tempo de leitura, foi uma preocupação bastante grande, por parte do serviço de biblioteca, de que isso efetivamente acontecesse. As leituras destinadas aos alunos foram contos, crônicas, poesias e também periódicos, ou seja, textos possíveis de serem concluídos durante o período de leitura.
    Certamente outras alternativas de leituras na escola e fora dela estão sendo pensadas. Mas como salientei anteriormente, é importante que todos abracem a causa.

  2. Maria Cristina Nunes - Artes

    Retirei parte do artigo de Martha Medeiros, achei esta parte muito inspiradora e motivadora.
    Retirado em um artigo de Martha Medeiros
    ZH 07/02/10
    “…Do que se conclui: leia best-sellers, leia livros malditos, leia livros que todo mundo está comentando e também aqueles de que ninguém nunca ouviu falar, leia o que alguém antenado recomendou, leia o livro que você descobriu sozinho num sebo, leia o livro cuja capa deixou você fascinado, leia o que sua professora exigiu, leia o que a sua namorada implorou pra você ler, mesmo ela sendo fã de água-com-açúcar (não custa agradar a guria, depois você dá o troco com dignidade, recomendando a ela um Rubem Fonseca), releia o que você leu 15 anos atrás e amou, releia o que você leu 15 anos atrás e odiou (se todos diziam que era genial, dê uma nova chance ao livro, talvez 15 anos atrás você não estivesse pronto para textos bombásticos), leia os livros até o fim, abandone-os no meio se forem uma xaropice, leia livros de suspense, eróticos, policiais, poemas, biografias, mas leia.”

  3. Concordo plenamente com Martha Medeiros. É muito importante ler.
    A leitura leva-nos a mundos diversos. Viajamos sem sair do lugar e exploramos universos diferentes, aprendendo sempre mais. E escrever é a arte de registrar essas experiências, retratando uma íntima ligação entre pensamentos, linguagem e nossas próprias vivências.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s