Um pouco sobre competências e habilidades

O ano iniciou com a imposição de uma proposta do governo do Estado, através da Secretaria de Educação, denominada “Referenciais Curriculares”. Por conta disso, foram distribuídos aos alunos e professores livros com conteúdo que deve ser trabalhado no primeiro mês letivo. A iniciativa tem por objetivo estimular ou melhorar o que se chama de competências e habilidades dos alunos.

Mas o que é isso “competências e habilidades”?

Competência, pode se resumir como a capacidade que o estudante tem para dominar linguagens, compreender fenômenos, enfrentar situações-problemas, construir argumentação e elaborar propostas.

Já habilidade é o conhecimento ou talento que o estudante tem para cumprir determinada tarefa ou, conforme o caso, responder a uma questão.

O que é dominar linguagem?

É a capacidade de dominar a forma culta da língua portuguesa (ler, escrever, falar corretamente) e fazer uso das linguagens matemática, artística e científica.

E o que vem a ser, “compreender fenômenos”?

É a capacidade de construir e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para a compreensão de fenômenos naturais, de processos históricos-geográficos, de produção tecnológica e das manifestações artísticas.

“Construir argumentação”?

É desenvolver a capacidade de relacionar informações, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponíveis em situações concretas, para construir argumentação consistente.

Do que trata o conceito de “elaborar propostas”?

É a capacidade de recorrer aos conhecimentos desenvolvidos na escola para a elaboração de propostas de intervenção solidária na realidade, respeitando os valores humanos e a diversidade cultural.

A iniciativa tem seu mérito diante do que se observa no cenário da educação do nosso estado. A escola é o espaço para a disseminação do conhecimento, para o emponderamento do saber, porém, a realidade nos tem mostrado que é cada vez mais raro encontrar-se ao final do Ensino Médio, um aluno que mostre que consegui apropriar-se por completo dos conceitos acima explicados. Tal situação representa um empobrecimento social e o retardamento na evolução e desenvolvimento tecnológico, econômico e social do país. Mudar este quadro é o que a proposta do governo parece pretender. Na verdade, não é uma ação que dependa apenas do governo, mas também, principalmente, do envolvimento da sociedade e, no âmbito da escola, de pais, alunos e professores. De outra forma, as perspectivas de um futuro diferente da realidade atual, ficam cada vez mais distantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s